Memória Olfativa: entenda porque os cheiros trazem tantas recordações

Memória Olfativa: entenda porque os cheiros trazem tantas recordações

Publicado por: Anna Publicado: 18/06/2020 Visitas: 2716 Comentários: 0

Já se sentiu transportado no tempo por um cheiro?

Em questão de segundos, um cheiro te traz uma memória viva de um acontecimento, despertando inclusive os mesmos sentimentos daquele momento! 

Esse é o poder da memória olfativa. 

A Memória olfativa é mais duradoura e intensa que a audição e a visão, desencadeando rapidamente lembranças e emoções, por vezes intensas. 


Como funciona o olfato e a memória olfativa

Quando um aroma chega às nossas narinas até o teto da cavidade nasal, esse estímulo químico é transformado em estímulo elétrico e levado até o cérebro. A parte do nosso cérebro que processa essa informação é o sistema límbico, a mesma parte do cérebro responsável pela memória, reações instintivas, reflexos e sentimentos.

O olfato é o único dos nossos sentidos que tem ligação direta com a parte do cérebro que rege nossas emoções. Quando sentimos um cheiro, nosso cérebro grava em nossa memória o sentimento que estamos sentindo naquele momento, associando-o ao cheiro. Por exemplo, quando sinto cheiro de bolo assando, me sinto na hora tranquila, feliz e confortável, exatamente como me sentia quando criança, sentada na cozinha da minha avó esperando o bolo terminar de assar. 


O poder da memória olfativa para seu bem-estar

Sabendo que o cheiro é guardado em nossa mente junto com emoções, é possível construir boas lembranças associadas a cheiros. Muitas marcas sabem disso e usam muito bem! Desenvolvem aromas próprios e intensificam a memória do tempo que passamos ali naquele espaço. 

Em nossas casas, podemos construir também memórias gostosas em família associadas a aromas. Aquele cheirinho suave de capim limão pode acompanhar as sessões de Netflix com a família toda no sofá. E, no futuro, sentir esse cheirinho de capim limão novamente vai te fazer sentir esse sentimento confortável e cheio de amor da família inteira ali junta.



Tags: olfato, memória

Comentários

Escreva o comentário