Esfoliante sem plástico: a melhor escolha para a natureza e para você!

Esfoliante sem plástico: a melhor escolha para a natureza e para você!

Publicado por: Anna Publicado: 18/06/2020 Visitas: 1801 Comentários: 0

Você faz esfoliação no corpo e no rosto com frequência?

Nós amamos aquela rotina de Spa em casa semanal com uma boa esfoliação! 


Você sabia que existem diferentes esferas e mecanismos de esfoliação?

  • Esfoliação enzimática: obtida através da ação de enzimas sobre a pele gerando um remoção das células mortas.
  • Esfoliação química: é bem parecida com a enzimática, por ação de componentes em sua maior parte abrasivos naturais e ricos em Vitamina C, a esfoliação enzimática estimula a pele na retirada das impurezas e células mortas.
  • Esfoliação física: é a mais utilizada, que pode ser feita a partir de micro-esferas. Quando em contato com a pele promovem a remoção das células mortas através do atrito e fricção. 

Alguns exemplos de esfoliantes físicos, este último método que comentamos, são as micro-esferas de polietileno, sementes e grãos. O que nem todo mundo sabe, sobre esfoliação é que quando o esfoliante é rico nessas de polietileno, pode gerar um efeito bem negativo. O polietileno, é um material de baixo custo, comum em embalagens plásticas, baldes, e até mesmo como em produtos para cuidados pessoais. Ou seja, você pode sim estar passando plástico na sua peles e poluindo o meio ambiente se não escolher bem o seu esfoliante. 

Vamos explicar neste texto os problemas que isso causa e as alternativas para continuar fazendo sua esfoliação sem prejudicar o meio ambiente!


Benefícios da esfoliação para pele do seu corpo e rosto

O procedimento esfoliante retira as células mortas e tem por finalidade estimular a renovação celular, com isso, essas novas células devem ser incentivadas a produzir um colágeno mais uniforme e mais estável. Ou seja, a intenção da esfoliação é deixar a pele  com aspecto saudável, hidratada e uniformizada. Além de auxiliar na limpeza profunda dos poros, a esfoliação é importante pois permite a ação adequada dos dermocosméticos, além de prevenir os temíveis pelos encravados.

A renovação celular ocorre naturalmente pela nossa pele, em um período médio de 28 dias para peles jovens. Isso te lembra algo não é mesmo? rssr Encontrou alguma ligação hormonal entre o seu ciclo e a sua pele?! (nada comprovado cientificamente ainda, mas a quem defenda que a renovação celular pode estar ligada ao nosso ciclo menstrual também). Mas, vamos lá, se esfoliar a pele é tão importante, relaxante e terapêutico por ser um momento tão seu, qual a questão com a poluição?  O problema é que, em muitos esfoliantes as partículas são feitas de plástico! Isso mesmo, PLÁSTICO.


Plástico no Esfoliante: por quê isso é um problema?

Sim!

É necessário atentar-se aos componentes dos esfoliantes, pois de nada adianta passar por um processo renovador com materiais que possam causar mal a outras formas de vida. Isso não tem nada a ver com Beleza Saudável, concorda?!

Essas microesferas, que vemos e sentimos ao passar o esfoliante (e até mesmo em alguns cremes dentais) são nada mais nada menos que plástico, que passam direto do seu corpo para nossas redes de encanamento e seguem para seu destino final: o oceano. Mesmo com todo processo de tratamento de água, essas mini bolinhas não conseguem ser filtradas pelo seu diâmetro minúsculo.


Como saber se tem plástico no seu esfoliante? 

Algumas empresas utilizam nomes como polietileno e polipropileno para identificar o material, nos rótulos elas pode ser achadas por seus nomes científicos na parte da composição como:

Polyethylene, polypropylene, polyethylene terephthalate, polytetrafluoroethylene, polymethyl methacrylate e nylon.

Esse material ao chegar aos oceanos fica à deriva, flutuando, dando à oportunidade para que comunidades de organismos se desenvolvam em sua superfície, podendo assim infectar ecossistemas que nunca tiveram contato com esses germes e bactérias.

Outro ponto negativo, que também vem sendo estudado, é a capacidade deste plástico que está no oceano interagir com a vida marinha, gerando o que chamamos de compostos bioacumulativos. Eles geram o que esta sendo estudado Ciclo de contaminação aquática causada por microesferas de polietileno.

Certo, e agora que você já sabe que esfoliantes também precisam ser analisados no rótulo antes de decidir por qual usar, o que você pode fazer a respeito?


Esfoliantes sem plástico, orgânicos e veganos

Procure por aqueles que não contenham esses materiais citados, vá em busca dos produtos com insumos orgânicos, como grão de arroz, açúcar, sal, e algumas sementes e suas cascas. Alternativas sustentáveis e biodegradáveis. 

Os esfoliantes da Cativa Natureza são constituídos por micro partículas 100% de arroz natural. Depois do seu uso, ele vai para as tubulações e é degradado normalmente pois é um resíduo natural de arroz, um composto orgânico.

Então, separamos aqui três opções de esfoliantes para seu corpo e rosto que, além de não conter plástico em sua composição, são feitos com insumos orgânicos e veganos, sem fragrâncias e corante artificiais!



Tags: esfoliante, esfoliação, sem plástico

Produtos relacionados

Comentários

Escreva o comentário

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.